sexta-feira, 9 de abril de 2010

Peixes Pedicures

Postado por Camila Nardi às 13:48:00
Opinião 

Galera, olha que fofos esses peixinhos!! São Peixes Pedicures, eles fazem as cutículas, tiram as peles mortas, e os calos! Esse peixe é um tipo de carpa chamado Garra Rufa ou Peixe Médico Nibble, e ele se alimenta de pele morta, da pra acreditar?

Essa idéia surgiu na Turquia pela primeira vez, depois disso se tornaram muito populares em alguns países asiáticos e agora o método já se espalhou por vários salões de beleza em todo o mundo.
Os pés são colocados em um tanque, com em média 100 peixinhos...15 minutos no tanque custam U$35, e 30 minutos U$50. Os peixes fazem todo o trabalho ‘sujo’ e depois os pés/mãos são tratados por uma pedicure comum, só para hidratar os pés e tirar os possíveis excessos. Dizem os especialistas, que esse método é muito mais higiênico para a saúde dos pés...

Quem já experimentou disse que os primeiros 15 minutos, sente que estão fazendo cócegas no pé, mas depois parece um tipo de massagem.

Se alguém ai estiver interessado em comprar esses peixinhos(rsrs), eles são vendidos em lotes de 500 peixes, e por U$6,00 cada peixe, U$3000 por 500 peixinhos? Eu ein!!
Hoje em dia não tem mais o que inventar! rs.
Ai vai um vídeo pra quem ainda não está acreditando:


Beijos galera! :***

1 comentários:

Amanda Lucini on 12 de abril de 2010 21:20 disse...

nossa que TUDOO, tambem quero!

Postar um comentário

"Quanto mais comentários, maior a vontade que o blogueiro tem de escrever. Não estou dizendo que sem este tipo de retorno todo blog inevitavelmente acabará sendo deixado de lado até ser abandonado totalmente. O que quero mostrar é que ao perceber que seu blog está sendo lido, o blogueiro se sente naturalmente incentivado e, consequentemente inspirado a produzir mais e mais aos seus leitores" - Rob Gordon(Jornalista) - TODO E QUALQUER COMENTÁRIO É IMPORTANTE!
Beijos meninas... ;*

O segredo da criatividade é saber como esconder suas fontes.

Pesquise Pelo Blog

 

Café com Estilo Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos